JOSEMAR RABELO, SEM ÓDIO E SEM MEDO

JOSEMAR RABELO, SEM ÓDIO E SEM MEDO

sábado, 1 de outubro de 2011

POETA ACRÍSIO DE FRANÇA

Quando eu saí de casa
Deixei os meus pais sozinhos
Devido ao meu sofrimento
Só não voltei dos caminhos
Porque não se alcança as flores
Sem se furar nos espinhos

Um comentário:

  1. açesse palco mp3 zecablo forro tudo a ver meu novo cd volume 3

    ResponderExcluir